16 de dez de 2009

FACADE OF REALITY


Vida
Algo que temos
Algo que perdemos
Viver em um mundo de ilusões
Sua alma pouco importa
A fachada da realidade
Onde poucos encontram
A verdadeira razão de viver
Construindo seus mundos em falsas esperanças
Todos temem a morte
Antes mesmo de saber o motivo de suas vidas
Falsos destinos alimentados pelo medo da verdadea
Corações frios programados para odiar
Não existe espaço para o amor
Vidas perdidas e iludidas por mentiras
Esta é a fachada da realidade
Pessoas sem alma seguindo pelo mesmo caminho
Somente mais um no meio da multidão
Procurando a luz, sem direção
Pedaços de um coração partido se vão
Junto com a esperança de um dia ser feliz
Esta é a morte de um sonho
Tristemente desejado, um paraíso de mentira.

1 coments :

Cada um de nós deveria ser apenas mais uma peça nesse jogo através do qual a "realidade" exerce domínio sobre nossas consciências. Em algum tempo, a sociedade já possui milhares de robôs pré-programados apenas para servi-la; sem sonhos, sem desejos e, principalmente, sem amor. A vida só passa a possuir sentido quando você encontrar uma razão para permanecer vivo; caso o contrário, por que temer a morte? Por que temer algo que só destruiria mais uma máquina?
A realidade, na verdade, extravasa o senso comum. Ela não é, definitivamente, e nem pode ser a mesma para centenas de pessoas; porque cada indivíduo deve ser único, com seus próprios sentimentos.
Sem saber ao certo como concluir, proponho que as pessoas se deixem se manipular menos e construam seus próprios sonhos e os protejam, como todos as suas forças, para que jamais sejam destruídos.

Postar um comentário